COVID-19: CNseg e FenaSaúde assinam manifesto que defende medidas de isolamento social

Publicado em 26 de março de 2020

A Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) e a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) são signatárias de um manifesto que defende as medidas de isolamento social recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no enfrentamento da pandemia do coronavírus (COVID-19).

A iniciativa é do Fórum Inovação Saúde (FIS), que reúne lideranças do setor nos segmentos público, privado e acadêmico para discutir problemas e soluções relativos a todo ecossistema da saúde.

O manifesto à sociedade brasileira, ao Executivo, ao Legislativo e ao Judiciário, divulgado recentemente, defende que “as medidas de isolamento social fortemente recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelas autoridades sanitárias de nosso país, vêm sendo adotadas pela quase totalidade dos países do mundo, já atingidos pela pandemia do COVID19, e são as única atitudes, até o momento, capazes de conter a evolução da doença e, consequentemente,  reduzir o número de mortes que pode acometer a todas as faixas etárias, embora mais prevalente nos idosos”.

Assinam o documento entidades e lideranças médicas e empresariais ligadas ao setor de saúde. “Todo o mundo científico está debatendo sobre a melhor forma de reduzir o impacto econômico e o caos social que o confinamento total, por prazo indeterminado, tem gerado e qual o tempo mínimo que deve ser mantido, a fim de que os sistemas de saúde das cidades estejam preparados para o melhor enfrentamento dessa pandemia, que não tem qualquer similaridade com pandemias anteriores”, ressalta o texto.

Confira o Manifesto na íntegra, clicando aqui.  

Receba as novidades do CSP MG por e-mail