CSP-MG prestigia cerimônia de posse da CNseg e Federações

Publicado em 13 de maio de 2019
Marcio Coriolano (presidente da CNseg) e João Paulo Mello (presidente do CSP-MG)

O presidente do CSP-MG, João Paulo Moreira de Mello, participou da cerimônia festiva de posse dos conselhos, presidentes e diretorias da CNseg (Confederação das Seguradoras), FenaPrevi, FenaSaúde, Fenseg e FenaCap (triênio 2019/2022). A solenidade aconteceu no dia 9 de maio, em São Paulo.

Nova gestão: presidentes da CNseg e Federações. Foto: Arquivo CNseg

 O evento reuniu executivos de seguradoras e resseguradoras, além de autoridades governamentais e do setor, como os presidentes da Fenacor, Armando Vergilio, e da Escola Nacional de Seguros, Robert Bittar.

Carlos Ivo (pres. CVG-RJ), Marcio Coriolano (pres. da CNseg), João Paulo Mello (pres. CSP-MG) e Silas Kasahaya (pres. CVG-SP)

Marcio Coriolano, presidente reeleito da CNseg, fez um balanço da gestão que se encerra, destacou a evolução do setor, os desafios e perspectivas do mercado para os próximos anos. Segundo ele, apesar de o período entre 2015 e 2018 “não ter sido nada trivial”, com o PIB tendo crescido apenas 1,2%, o setor segurador conseguiu avançar 4,5% em termos reais, alcançando R$ 1 trilhão em provisões técnicas.

O dirigente ressaltou que o novo mandato, além de mais desafios, “traz imensas oportunidades”, tanto pela convergência de visões com a ANS e a Susep, como pela maior ênfase na desregulamentação, na desburocratização e no estímulo à competição anunciados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

João Paulo Moreira de Mello (pres. CSP-MG), José Adalberto Ferrara (pres. Tokio Marine), Robert Bittar (pres. Escola Nacional de Seguros), Armando Vergilio (pres. Fenacor) e Carlos Ivo (pres. CVG-RJ)
Carlos Ivo, Tarcísio Godoy (diretor geral da Escola Nacional de Seguros), João Paulo Mello, e Paulo Meinberg (corretor de seguros)

O presidente do CSP-MG, João Paulo Mello, enfatizou que o “tom otimista” nos discursos do presidente da CNseg e das Federações demonstram a crença do setor na retomada do crescimento econômico do País.  “Os próximos meses são de muita expectativa quanto à implementação de ações e reformas que podem recolocar o País no caminho do desenvolvimento”, pontuou.

Carlos Ivo, Silas Kasahaya, João Paulo Mello e Gumercindo Rocha (presidente do Ibracor)
João Paulo Mello e Augusto Matos (presidente do SindSeg MG/GO/MT/DF)
Maria Filomena Branquinho (presidente do Sincor-MG) e João Paulo Mello

Por Déborah Gurgel – Assessora de Imprensa

Receba as novidades do CSP MG por e-mail