Doenças graves entre celebridades chamam atenção para o seguro

Publicado em 22 de setembro de 2021

O jogador de futebol Pelé, o comentarista esportivo Caio Ribeiro e o ator Luís Gustavo: em comum, além da fama, essas celebridades foram acometidas por câncer, doença grave e que, muitas vezes, tem um tratamento difícil. O ator Luís Gustavo morreu no último domingo, 19, vítima da doença, aos 87 anos. A ocorrência traz um alerta para um produto securitário que pode ser útil em situações como essa: cobertura para doenças graves, que é parte do seguro de vida.

João Paulo Mello, presidente do Clube de Seguro de Pessoas de minas Gerais (CSP-MG), explicou, em entrevista ao CQCS, que a cláusula de doenças graves funciona como uma forma do segurado usufruir, em vida, de uma cobertura que pode propiciar um recurso para tratar uma doença. “O seguro de vida tinha um histórico de ser focado na morte, mas hoje em dia existem as coberturas de invalidez, de doenças graves, que é ainda melhor”.  Confira a matéria completa aqui.

Receba as novidades do CSP MG por e-mail