Nota de Falecimento – Antonio Carlos de Almeida Braga

Publicado em 13 de janeiro de 2021

A diretoria do CSP-MG lamenta o falecimento do empresário Antonio Carlos de Almeida Braga, no dia 12 de janeiro, em Portugal, aos 94 anos. Nossas condolências aos familiares e amigos.

Chamado carinhosamente de “Braguinha” ou “Sr. Braga”, o executivo é considerado um dos mais importantes profissionais do mercado segurador brasileiro. Ele deixa legadode realizações admiráveis na atividade seguradora”, conforme nota divulgada pela CNseg.

Ícone do setor de seguros, foi proprietário de uma das maiores seguradoras do País – criada pelo pai, em 1935 -, a Atlântica Seguros, que veio a ser tornar posteriormente Atlântica-Boavista.

Sob o comando de Antonio Carlos de Almeida Braga, a Atlântica-Boavista foi incorporada pelo Banco Bradesco nos anos 80, passando a ser denominada Bradesco Seguros.

Anos depois, criou seu próprio banco – o Icatu – “desenvolvendo uma geração de novos serviços e produtos, com ênfase para seguros, uma paixão assumida, traduzida hoje na Icatu Seguros”.

As contribuições marcantes do executivo ao mercado segurador motivaram a CNseg a criar, em 2011, o Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga, em sua homenagem. A premiação busca reconhecer o trabalho dos profissionais do setor segurador que contribuem para a inovação e modernização do seguro, inclusive, na melhoria das relações com o consumidor.

Braga também foi um grande incentivador do esporte brasileiro, tendo sido amigo de Ayrton Senna, acompanhando de perto seus últimos anos de vida, além de Emerson Fittipaldi, Pelé e Gustavo Kuerten.

O Fluminense também foi uma paixão do empresário, que foi um benemérito do clube carioca, fanático pela Copa do Mundo e também pelos Jogos Olímpicos.

Receba as novidades do CSP MG por e-mail